Minha filha saiu da fase das garatujas!

28 de fevereiro de 2013 by in category Diversos with 0 and 0
Semana passada participei da primeira reunião deste ano com a professora da minha filha e a conversa começou assim:
– Mamãe, agora, na fase 4 nossa pequena vai sair da fase das garatujas. Este é um momento muito importante no aprendizado dela que irá ter reflexos por toda sua vida e…. assim por diante.
Fiquei com aquela cara de quem estava entendendo tudo, cheia de conteúdo, mas minha vontade de ir ao google saber o que significava aquela palavra horrorosa que apareceu várias vezes na nossa conversa tomava conta do meu ser. Esqueci o horário, esqueci que eu tinha que trabalhar e só pensava que garatuja era essa que deixaria de fazer parte da vida da minha filha e que eu nem sabia que algum dia havia feito?
Nem preciso dizer que me senti uma péssima mãe! E para aliviar meu sofrimento, iniciei uma pesquisa sobre isso e descobri que a atividade motora de garatujar é realmente muito importante no desenvolvimento das crianças.
Aos dezoito meses a criança tenta retratar seu meio visual através de rabiscos que ninguém entende – estas são as garatujas desordenadas, que ajudarão imensamente o controle dos movimentos da criança. Aos dois anos, iniciam as garatujas controladas – a criança descobre que há uma ligação entre os seus movimentos e os traços do papel. Geralmente esta descoberta é encantadora! A criança ficará muito mais tempo concentrada em seus desenhos e tentará preencher a folha com seus rabiscos. Após esta fase, as garatujas ganham nomes – o animal de estimação, o papai, etc, e por último (aos 3 anos) a criança desenvolve o interesse de colorir as garatujas.
Este é só um (muito) pequeno resumo sobre a importância e sobre as fases da garatuja. Existem extensos estudos sobre os desenhos das crianças e como isso influencia no aprendizado. Depois de ler bastante sobre isso, entendi muito melhor os “trabalhos” que minha filha fez na escola nos seus 2 e 3 anos e como esta fase foi importante para ela. Só sinto não ter sido apresentada às garatujas antes!
Agora me pergunto… Por que afinal de contas a professora não me falou dos rabiscos enquanto minha filha estava na fase das “garatujas”??? Por que não nos ensinam como funciona este processo de aprendizado? Não seria muito mais prazeroso para os pais perceberem o desenvolvimento dos filhos através das “lindas” garatujas??
Enfim, agora entendo a importância de garatujar. Antes tarde do que  nunca!

Add comment

Todos os direitos reservados à Maternity Coach • Por Criativa 22