O Efeito da Luz Azul no Sono das Crianças

6 de setembro de 2018 por no assunto Sono do Bebê with 0 and 1

No post de hoje vamos falar sobre a luz azul e seus efeitos no sono das crianças. Este artigo é dedicado às famílias com bebês um pouco maiores, geralmente mais do que 2 anos. Nos últimos anos ocorreu uma explosão dos dispositivos eletrônicos. E as crianças ficam expostas à estas luzes azuis por muitas horas do dia.

Mesmo as luzes brancas, contém um pouco de luz azul no seu espectro.

Segundo especialistas, apesar de haver benefícios como aumento da atenção e do humor durante o dia, a exposição a luz azul no período noturno dá a informação ao cérebro da criança que não é hora de dormir. Houve uma descoberta em 2002 que existem sensores nos olhos das pessoas que regulam o padrão sono X vigília, e estes sensores são mais sensíveis à luz azul.

Além disso, um estudo da Harvard Medical School concluiu que a liberação da melatonina também é afetada em grande escala pela exposição.

Portanto, o ciclo circadiano do seu filho pode ser afetado se houver grande exposição à essa luz. Isso acontece pois pode haver uma dificuldade em sincronizar a chegada do sono com a escuridão e a vigília durante o dia.

E o que pode ser feito para minimizar o efeito da luz azul?

  • Troque a luz azul por luz vermelha ou laranja. Essa é a cor que menos vai mexer no ciclo circadiano do seu filho;
  • Evite exposição à eletrônicos 2 horas antes do sono;
  • Evite luminosidade excessiva em casa depois de 19h00 – prefira abajur ao invés de luzes fluorescentes;
  • Exponha seu filho à luz natural durante o dia.

Seu filho demora demais para dormir? Pode ser que esteja com a produção de melatonina mais baixa. Ou mesmo com uma dificuldade em regular o ciclo circadiano. Certamente pequenas mudanças já podem fazer uma grande diferença na qualidade de sono das crianças.

Add comment


Todos os direitos reservados à Maternity Coach • Por Criativa 22